Os Idiotas são criaturas que acreditam deter sempre a razão e uma interminável fonte de conhecimento, o que faz com que sejam insuportavelmente arrogantes. Os Idiotas também são criaturas frustradas e, consequentemente, mentirosas. Tais características fazem com que eles estejam sempre contando sobre feitos inacreditáveis que ninguém, além de outro Idiota, é capaz de acreditar.

Entre outras peculiaridades dos Idiotas estão a ausência de senso de humor, a total falta de vergonha na cara, a mesquinharia e o machismo. Todo Idiota é machista, não importa seu sexo. Se o Idiota for homem, ele se acha um exemplo de masculinidade a ser seguido. Ele fala alto pra tentar demonstrar autoridade, grita nos churrascos e diz que beber cerveja é coisa de homem e que música clássica é coisa de viado. Se o Idiota for mulher, provavelmente, ela se casará com um Idiota homem e passará o resto da vida concordando com as idiotices do maridão, enquanto coloca o jantar no forno e executa as outras tarefas domésticas que são consideradas coisas de mulher.

Os Idiotas compartilham a opinião de que os idiotas homens vestem azul e mulheres vestem rosa. Meninos e meninas não podem brincar juntos, homem não chora, mulheres não trabalham e não podem transar no primeiro encontro.

Idiotas também costumam acreditar e revisitar teorias absurdas que foram criadas por Idiotas do passado, fazendo com que a chama da idiotice se mantenha viva através dos séculos. A teoria da Terra Plana e o movimento antivacina são alguns exemplos de idiotices antigas bastante atuais.

Infelizmente, ao contrári o do mico-leão-dourado e do jacaré-do-papo-amarelo, os Idiotas não estão em extinção. Pelo contrário, a população de Idiotas está em constante crescimento pandêmico, uma vez que eles se reproduzem através do contato social. Isso mesmo, basta que um Idiota te diga “oi” para que você comece a correr grande risco de se infectado. Portanto, tome cuidado! Não adianta lavar as mãos e usar álcool em gel. Para se livrar do vírus da idiotice é preciso ignorar os infectados, fazendo com que mínguem no breu da ignorância e padeçam solitários até a morte. Só assim poderemos construir um mundo sem Idiotas. E não se esqueçam: vacinem seus filhos!

Felipe Attie

Originally published at http://felipeattie.blogspot.com.

Escritor, tatuador e cartunista. Autor do romance Morrendo Oito Horas Por Dia e dos quadrinhos Menino e Lobo.

Escritor, tatuador e cartunista. Autor do romance Morrendo Oito Horas Por Dia e dos quadrinhos Menino e Lobo.