Felipe Attie

Sign in

Não sou do tipo que questiona a existência de Deus. Sequer penso a respeito. É um tema que não me interessa. Só me pego diante desse dilema, em algumas ocasiões onde tenho certeza de que, caso ele exista, sem dúvida eu faria algumas coisas melhores do que ele. São pequenas situações que me fazem questionar por que determinadas coisas são de determinadas maneiras. Quanto mais eu busco uma explicação, mais eu concluo que, algumas coisas, eu faria melhor que ele.

Certa vez eu estava no cinema e bateu a vontade de mijar. Fiz o que qualquer pessoa faria: esperei o…


Eu lembro, como se fosse hoje, do momento em que abri o Word e comecei a exorcizar meus demônios através das palavras . Pura terapia. Literatura crua e impulsiva. Na época, eu era redator publicitário, o cara que cria slogans, jingles e frases bacanas que te fazem querer comprar margarina, sabão em pó e pasta de dente. Eu era bom. Eu sabia fazer meu trabalho. Mas se tem uma coisa que eu sabia ainda mais é que eu odiava fazê-lo. Odiava mais ainda o fato de ter feito aquele maldito telefonema.

Eu tinha 18 anos quando liguei pra agência de…


Imagem: Arquivos Google

Estou aqui, escrevendo idiotices, ouvindo Beatles e me alimentando de café. Afinal, nada mais vai me fazer sentir do mesmo jeito que eu era antes de estar aqui, escrevendo idiotices, ouvindo Beatles e me alimentando de café.

As coisas estão cada vez mais absurdas. As pessoas estão enlouquecendo num ritmo assustador. Nada mais me surpreende. Se tem uma coisa que essa pandemia me mostrou é que somos capazes de cavar cada vez mais fundo a nossa própria cova. Estamos caminhando rumo à insensatez.

Tem aquela galera que diz que o problema do mundo é a falta de amor. Não concordo…


Eu e minha esposa fomos à CADEG comprar, segundo ela, a ornamentação para a festa de dois anos do nosso filho. Pra quem nunca foi ou ouviu falar, a CADEG é o mercado municipal do Rio de Janeiro que conta com uma infinidade de lojas que vendem os mais variados produtos. Em meio a nossa andança (acredite, lá você anda muito), encontramos o que ela tanto procurava.

“Flores mortas?”, perguntei surpreso.

“Não”, retrucou ela. “Flores secas!”

“Mas se estão secas é porque estão mortas.”

“Felipe, cala a boca e segura isso”, disse ela, entregando-me um chumaço de flores que, mal…


Filho, eu lembro nitidamente do momento exato em que olhei para aquela tira de plástico molhada com a urina da sua mãe e descobri a sua existência. Jamais vou me esquecer. Nem se quisesse, eu seria capaz. Afinal, ainda sou assombrado pela gargalhada nervosa que sua mãe soltou no instante em que soube que estava grávida de você. Pra ser sincero, eu custei a acreditar. Só me convenci mesmo, quando me peguei admirando uma mancha do tamanho de um gergelim pulsando de forma ritmada no monitor do aparelho de ultrassonografia. Era o seu coração.

Você nasceu e aconteceu muita coisa…


Os Idiotas são criaturas que acreditam deter sempre a razão e uma interminável fonte de conhecimento, o que faz com que sejam insuportavelmente arrogantes. Os Idiotas também são criaturas frustradas e, consequentemente, mentirosas. Tais características fazem com que eles estejam sempre contando sobre feitos inacreditáveis que ninguém, além de outro Idiota, é capaz de acreditar.

Entre outras peculiaridades dos Idiotas estão a ausência de senso de humor, a total falta de vergonha na cara, a mesquinharia e o machismo. Todo Idiota é machista, não importa seu sexo. Se o Idiota for homem, ele se acha um exemplo de masculinidade a…


Pergunte para algum fã de futebol quem foi Fabio Grosso e alguns saberão te responder. Pergunte para qualquer pessoa quem foi Roberto Baggio e quase todas saberão te responder. Isso se deve ao fato de que, na vida, os erros sempre ofuscam os acertos. Como diz meu pai: “se você tiver um saldo de 99 acertos e um único erro, será lembrado pra sempre por esse erro”. É uma verdade dura e crua que precisamos aceitar. A vida fica mais leve quando sabemos que, não importa o quanto nos esforcemos, sempre seremos marcados pelos deslizes.

Caso você esteja se perguntando…


Você está no banheiro, parado frente ao espelho. Seu nariz sangra. O sangue escorre pelo seu queixo,seu pescoço e suja a gola da sua camiseta. Você vai trabalhar todos os dias de jeans e camiseta. Muitas pessoas enxergam isso como uma regalia. Quando você começou, também achava o mesmo. Todo emprego, no começo, é interessante. Mas é só questão de tempo, até você olhar ao redor e ver o quanto não quer estar ali. O quanto não quer fazer o que é pago para fazer. …


Meu filho usou o vaso sanitário pela primeira vez. Já tem tempo que ele avisa quando suas necessidades fisiológicas estão a caminho. Começou com ele aplicando leves tapas nas fraldas. Em seguida, os tapas foram acompanhados da palavra “cocô”. Nunca “xixi”, sempre “cocô”. Talvez, por julgar que a urina é um incomodo muito mais fácil de ser resolvido, ele nunca alertou sua chegada. Em contrapartida, as fezes sempre foram recebidas com as típicas palmadas na fralda que, tão logo aprendeu a falar, passaram a ser acompanhadas pela palavra “cocô”.

Acho surpreendente que uma criança de dois anos avise que a…


Não sou do tipo que questiona a existência de Deus. Sequer penso a respeito. É um tema que não me interessa. Só me pego diante desse dilema, em algumas ocasiões onde tenho certeza de que, caso ele exista, sem dúvida eu faria algumas coisas melhores do que ele. São pequenas situações que me fazem questionar por que determinadas coisas são de determinadas maneiras. Quanto mais eu busco uma explicação, mais eu concluo que, algumas coisas, eu faria melhor que ele.

Certa vez eu estava no cinema e bateu a vontade de mijar. Fiz o que qualquer pessoa faria: esperei o…

Felipe Attie

Escritor, tatuador e cartunista. Autor do romance Morrendo Oito Horas Por Dia e dos quadrinhos Menino e Lobo.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store